top of page
Buscar
  • Foto do escritorAlê Delara

Governo argentino suspende temporariamente exportações de soja

Medida antecede possível aumento dos impostos (retenciones) sobre o grão, que deve acontecer no próximo domingo, 1º de março



O governo da Argentina deve mesmo confirmar no próximo domingo (1º de março), durante a abertura das sessões ordinárias do Congresso, o aumento dos impostos sobre a soja em grão. Isso porque nesta quarta-feira, 26, o Ministério dos Mercados Agrícolas do país informou que as operações do Registro de Declarações Juramentadas de Vendas no Exterior de produtos agrícolas foram suspensas, dando a entender que não quer negócios antecipados com grão antes da mudança dos impostos.


A medida já era prevista na Lei de Solidariedade Econômica e Reativação Produtiva aprovada em dezembro do ano passado e agora é colocada como razão para tal bloqueio temporário por todos os grandes veículos de comunicação do país.


Naquela ocasião, o governo aumentou a taxa de 24,7% para 30% para a exportação de soja e de 6,7% a 12% para o trigo e milho.


Atualmente, 30% de retenção na fonte são aplicados às exportações de soja em grão. A expectativa é que sejam agregados pelo menos 3 pontos percentuais, dando um total de 33%.





Fonte: Canal Rural

3 visualizações0 comentário

Kommentare


bottom of page