top of page
Buscar
  • Foto do escritorAlê Delara

Disparada do dólar e fixações de preço da soja - Qual o risco para o agronegócio?


A disparada do dólar tem incentivado a comercialização de soja por parte dos produtores rurais. Nesta safra 2019/202 estima-se que os sojicultores brasileiros já tenham comercializado 73% da produção nacional, estimada em torno de 122 milhões de toneladas.


O RS chama a atenção


Para o estado do Rio Grande do Sul a situação é agravada pela quebra da safra. Inicialmente a produção de soja no estado era estimada em 19,7 milhões de toneladas, número atualmente que está em torno de 12,7 milhões ou 35,5%


Ou agravante poderá ameaçar o agronegócio gaúcho. As fixações de preço da soja dos estoques de passagem é prática comum das agroindústrias e cerealistas gaúchos. As operações de venda ou fixação por parte dos comerciantes visam liberação de espaço nos armazéns e também fluxo de caixa. Tais operações, quanto a fixação apenas por parte do comerciante, acaba gerando um risco de flutuação do preço, uma vez que o produtor ainda não fixou. Dessa forma, comerciantes gaúchos muitas vezes se utilizam dos recursos financeiros gerados a partir da venda de soja em estoque como capital de giro, aguardando posterior fixação por parte do produto rural. Tais operações exigem proteções de preços, as quais quando utilizadas corretamente trazem vantagens aos comerciantes.


Riscos


No entanto, a combinação da crise econômica, disparada do dólar e quebra de safra no estado, vêm puxando os preços da soja gaúcha para níveis históricos, disparada que pode ser sucedida por um movimento de fixação por parte dos produtores gaúchos, aumentando os riscos das operações de venda a descoberto.


No estado, estima-se um estoque de passagem de soja ao redor de 2 milhões de toneladas no dia 21/12/19, equivalente a um montante financeiros ao redor de R$ 3,1 bilhões aos preços correntes. Caso o movimento de fixação por parte dos produtores tome corpo, varemos muitas empresas com problemas financeiros por conta do estrangulamento do fluxo de caixa, cenário já visto em anos anteriores.


Disparada dos preços dos grãos e quebra de safra sempre foi uma combinação perigosa


Fonte: Agrinvest Commodities

1 visualização0 comentário

Hozzászólások


bottom of page